• Mitra

Regime tributário: entenda a importância da escolha correta!

Regime tributário é o sistema que estabelece a cobrança de impostos de cada CNPJ, de acordo com o montante da arrecadação.


Ter o correto enquadramento do regime tributário é de extrema importância para o sucesso de qualquer tipo de empresa, pois essa escolha influenciará diretamente nos valores dos impostos a pagar.


Isso vale tanto pelo melhor enquadramento tributário — ou seja, aquele em que a empresa paga menos impostos de maneira legal —, quanto para evitar o enquadramento inadequado, o que pode provocar problemas fiscais com a Receita Federal.


Autuações por enquadramento tributário inadequado, afinal, geram multas e demais penalidades! Por este motivo, é fundamental ter os principais pontos sobre o regime tributário bem esclarecidos.


Confira as informações básicas que a Mitra Inteligência Contábil preparou sobre as três opções de recolhimento de impostos mais utilizadas!


Simples Nacional


Atualmente, desde 2018, podem optar pelo Simples Nacional as empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões.


Este modelo foi criado para beneficiar principalmente pequenas e microempresas, já que todos os impostos que incidem sobre a pessoa jurídica são pagos em uma só guia, deixando a cobrança dos tributos mais simplificada.


Dependendo da atividade e do enquadramento da tabela, costuma ser a melhor opção para a maioria das micro e pequenas empresas.


Lucro Presumido


O Lucro Presumido também é utilizado, geralmente, por microempresas e empresas de pequeno porte, assim como o Simples Nacional.


A diferença, no entanto, é que neste caso há um número maior de obrigações acessórias, e é para empresas que possuem um faturamento anual de até R$ 78 milhões.


Como o próprio nome diz, neste regime tributário o lucro da empresa é presumido a partir de percentuais aplicados sobre a sua receita operacional bruta, e os impostos são calculados e pagos de forma separada.


Lucro Real


Os tributos do Lucro Real incidem sobre o valor da apuração contábil do resultado, levando em conta acréscimos ou descontos permitidos legalmente.


Nesta modalidade, as receitas e despesas devem ser comprovadas mensalmente. Para o cálculo dos impostos, a base é o lucro contábil, com os ajustes positivos e negativos requeridos pela legislação fiscal.


As empresas do mercado financeiro; as que tiveram ganhos provenientes do exterior; e as com receita bruta superior a R$78.000.000,00 devem, obrigatoriamente, seguir a regulamentação do Lucro Real.


Conte com a Mitra Inteligência Contábil


O sucesso de sua empresa é o resultado de um conjunto de ações. Dentre essas ações, sem dúvidas, está a importância dada à gestão financeira e contábil.


Avaliar questões contábeis, financeiras e econômicas, assim como estudar estratégias de Planejamento Tributário, é fundamental. A Mitra Inteligência Contábil está aqui para ajudar o seu negócio em todos esses aspectos.


Conte conosco! Entre em contato para saber mais!

0 visualização0 comentário